Category

E-commerce de Luxo

E-commerce de Luxo

Pesquisa mostra que marcas de luxo melhoram a experiência digital de seus clientes

Já falamos algumas vezes no Blog do Mílton Jung e aqui no Infinite Luxury, da presença de marcas do mercado do luxo no mundo online e da importância de atuarem neste setor, levando em consideração as demandas destes exigentes e selecionados clientes. Agora, fica-se sabendo que essas empresas melhoraram a experiência digital que oferecem aos seus consumidores em 8%, no último trimestre de 2014, de acordo com pesquisa divulgada, há alguns dias, pela ContactLab e Exane BNP Paribas.Leia mais

E-commerce de Luxo

Fendi leva seu luxo ao comércio eletrônico

O comércio eletrônico no mercado do luxo ganha cada vez mais relevância. Hoje, são evidentes e inúmeras as oportunidades para esse nicho na internet. A grife italiana Fendi terá seu próprio e-commerce a partir de março deste ano, onde deverá oferecerá itens de suas criações de moda feminina e masculina, acessórios e perfumes. Até então, a grife italiana podia ser encontrada online apenas em sites especializados.

Leia mais

E-commerce de Luxo

Marcas de luxo aderem ao e-commerce

O e-commerce no segmento do luxo ganha cada vez mais relevância. Hoje, são evidentes e inúmeras as oportunidades para esse mercado na internet. Apesar de ter uma demanda bem maior nos Estados Unidos e Europa, o Brasil vem aumentando sua presença online com diversas marcas nacionais aderindo a esse formato. Nos Estados Unidos e Europa, grifes como Ralph Lauren, Tiffany&Co., Louis Vuitton, Gucci, Prada, Armani e outras, há alguns anos, aderiram ao comércio eletrônico e vêm obtendo êxito. A Ralph Leia mais

E-commerce de Luxo, Mercado de Luxo, Negócios do Luxo

Grupo LVMH adquire a brasileira Sack’s

Por Ricardo Ojeda Marins

O visível crescimento do mercado de luxo no Brasil continua atraindo grifes estrangeiras a desembarcarem por aqui. A Sephora, rede francesa multimarcas, escolheu o Brasil para iniciar suas operações na América Latina. O grupo LVMH, maior conglomerado de marcas de luxo e controlador da Sephora, adquiriu 70% do controle da Sack’s, maior empresa brasileira de e-commerce voltado a produtos de perfumaria e cosméticos de marcas prestigiosas como Dolce & Gabbana, Carolina Herrera, Giorgio Armani, Chanel, Christian Dior, Lacoste e outras.

O grupo almeja uma expansão agressiva no Brasil. Além da presença online, o objetivo da empresa é inaugurar, dentro de 18 meses, as primeiras lojas Sephora no Brasil. Estima-se que o valor do negócio seja em torno de R$ 300 milhões, porém não há essa confirmação por parte do grupo. Carlos André Montenegro, sócio-fundador da Sack’s, será o CEO e o presidente do conselho da empresa que, junto a Marcelo Franco e Albatroz Participações, seus atuais sócios, terão participação em 30% do negócio.

Há alguns anos a Sephora planejava iniciar operações na América Latina e nos últimos meses cogitou Brasil e México para abertura de lojas. Para Montenegro, o relacionamento antigo da loja online com o grupo francês ajudou a empresa a optar pelo Brasil. “Temos um bom relacionamento há dez anos. Os produtos mais vendidos na Sack’s hoje, por exemplo, são da marca Dior, que pertence ao grupo. O LVMH acompanhou o crescimento do site e o sucesso da nossa operação”, avalia  ainda Montenegro. Em 2009, a Sack’s teve faturamento de R$ 100 milhões.

Montenegro afirmou também que a empresa estuda a possibilidade de fabricação de produtos de maquiagem da LVMH no Brasil, por conta da alta carga tributária no país, pretendendo com isso tornar os preços mais competitivos frente a concorrentes nacionais.

De acordo com Silvio Passarelli, diretor do MBA em Gestão do Luxo da FAAP, a estabilização e a diversificação da economia brasileira foram os fatores que chamaram a atenção do grupo LVMH, assim como vem ocorrendo com outras empresas do segmento  premium. “O crescimento do consumo de produtos premium no Brasil é grande e já mostrou ser sustentável”, diz Passarelli ao jornal O Estado de São Paulo.

Depois do Brasil, Argentina e Chile serão os próximos alvos da expansão da marca na América Latina.

E-commerce de Luxo, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Varejo de Luxo

Burberry lança nova campanha publicitária interativa

A nova campanha digital da Burberry

Por Ricardo Ojeda Marins

A grife britânica Burberry está mais do que presente no mundo digital e agora, inspirando-se em seu desfile que foi transmitido em 3D no mês de fevereiro deste ano, a marca lançou sua campanha publicitária digital, permitindo aos visitantes do site interagir com os modelos e com os produtos da nova coleção. Basta movimentar o mouse sobre os personagens e objetos que eles se movem na tela. As imagens giram em até 180 graus, permitindo conhecer cada ângulo das peças.

Bolsa com o famoso xadrez da marca, disponível online por £ 895 (R$ 2.506)

“Desejo que quem veja nossa campanha não enxergue apenas imagens, mas sinta-se parte do que nós criamos”, disse Christopher Bailey, diretor criativo da marca, ao site de tendências WWD. Ele vê a campanha digital como uma extensão do tão comentado desfile da coleção outono-inverno.

O fotógrafo escolhido para a campanha foi Mario Testino, e as fotos realizadas na Pinewood Studios, em Londres e contou com um casting formado pelo ator Douglas Booth, as modelos Nina Porter e Rosie Huntington-Whiteley, além de músicos como Gwilym Gold, Samuel Fry e outros. A campanha foi lançada em 25 de junho, no site da Burberry e em sua página nas redes sociais Facebook, Twitter e Youtube. De acordo com o WWD, cerca de 40% da verba de publicidade da Burberry é gasta atualmente no meio digital.

Deixando sua fama conservadora bem longe, a Burberry, fundada em 1856, oferece hoje moda masculina e feminina de luxo e bom gosto, além de proporcionar uma experiência  inovadora online, trazendo em cada estação uma novidade tecnológica para seus consumidores e admiradores, além é claro, de suas excelentes criações.

Bolsa da nova coleção da grife, vendida por £ 775 (R$ 2.170)

Casa e Decoração, E-commerce de Luxo, Luxo no Brasil, Mercado de Luxo, Serviços de Luxo

Trousseau do Bem: a união do bom gosto e da solidariedade

Por Ricardo Ojeda Marins

A campanha Trousseau do Bem 2010 começou esta semana e ocorrerá até 31 de março em todas as lojas da marca. São oferecidos produtos da luxuosa grife com descontos significativos, revertendo parte da renda a entidades beneficentes de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Distrito Federal.

Este nobre projeto da Trousseau vem fazendo o bem desde 1999, quando foi criado por Adriana Trussardi e Romeu Trussardi Neto, com o intuito de unir a venda especial de produtos Trousseau a uma campanha beneficente. Além de adquirir produtos desejados por muitos, os clientes também tem a oportunidade de refletir e ajudar em causas sociais.

Com 18 anos de existência e proporcionando experiências únicas a seus clientes, a Trousseau, além de trazer a moda para sua casa, com produtos sofisticados das últimas tendências mundiais e os clássicos inesquecíveis, mostra ser uma marca que reflete o luxo contemporâneo, cujo consumidor vive em busca pelo privilégio de usufruir sensações únicas e inesquecíveis, além da preocupação em contribuir para um mundo melhor. É o luxo consciente e sustentável.

Vale lembrar que é possível contribuir com esta campanha também pela loja virtual da Trousseau:

http://www.trousseau.com.br/

Fechar