Category

Jóias e Relógios

Arte e Luxo, Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Negócios do Luxo

Fabergé: o luxo de séculos passados agora também online

Por Ricardo Ojeda Marins (Artigo publicado no site Gestão do Luxo da FAAP)

Joalheria oficial do império russo escolhe a internet como sua principal plataforma de vendas

A grife Fabergé, fundada em 1842 por Gustav Fabergé, tornou-se famosa por sua criação de ovos com pedras preciosas, e sob a direção de seu filho, Peter Carl Fabergé, tornou-se a joalheria oficial do império russo. Os Ovos Fabergé eram obras-primas da joalheria produzidas por ele e sua equipe entre os séculos XIX e XX para os czares da Rússia.

Encomendados e oferecidos na Páscoa entre os membros da família imperial, os ovos acomodavam surpresas e miniaturas, e eram cuidadosamente elaborados com a combinação de esmalte, pedras preciosas e metais. Desejados por colecionadores em todo o mundo, eles são ainda alvo de admiração pela sua perfeição e considerados expoentes da arte joalheira.

Dos 50 ovos imperiais, apenas 42 ainda existem, e alguns deles estão expostos no Palácio do Arsenal do Kremlin. Considerado o mais caro de todos, o Winter Egg, que em 1913 foi um presente de Nicolau II para sua mãe, Maria Fedorovna, foi arrematado por US$ 9,6 milhões há cerca de oito anos, em leilão realizado pela renomada Christie’s.

Após a Revolução Russa, em 1917, a grife passou por várias mãos, incluindo companhias como Elizabeth Arden e Unilever. Desde 2007, a marca adorada pela corte de Moscou pertence ao grupo Pallinghurst Resources.

Seus novos detentores pretendem retomar sua tradição na joalheria e se dizem prontos para competir com grifes renomadas, como Tiffany & Co. e Cartier. Na atual coleção, as luxuosas e raras peças têm preços que iniciam em US$ 40 mil e podem chegar a US$ 7 milhões. O joalheiro francês Frederic Zaavy, designer da marca, foi o criador da coleção inicial e utilizou pedras preciosas minúsculas em cada peça, criando efeitos de mosaico em brincos, anéis e colares.

A volta triunfal da Fabergé foi planejada com riqueza de detalhes e segue uma estratégia nada tradicional. Para seu relançamento, a empresa escolheu a internet como principal plataforma de vendas de sua coleção de jóias, mantendo apenas uma loja física, em Genebra, na Suíça, que atende somente com hora marcada.

A grife levou a exclusividade ao auge e inovou quando decidiu que não teria uma rede de lojas para apresentar e distribuir suas jóias. A Fabergé aposta na venda online, acreditando que a experiência de compra começa na internet, como uma vitrine. Os afortunados interessados em conhecer e adquirir suas preciosas peças tem à sua disposição uma equipe de consultores de vendas especializada disponível 24 horas por dia, com capacidade para atender em 12 idiomas. Os consultores podem comparecer pessoalmente em qualquer lugar do mundo para concluir a venda da peça onde o cliente estiver. “Isso nunca foi feito antes”, afirma Mark Dunhill, CEO da Fabergé.

Para conhecer a coleção, o cliente registra-se no site e escolhe uma data e horário em que deseja ser contatado. No contato telefônico, um consultor da grife disponibiliza uma senha de acesso à exclusiva coleção de suas raridades, bem como proporciona atendimento personalizado, podendo ainda agendar uma visita. O cliente pode optar também por atendimento em vídeo chat ou texto.

“A Fabergé está estabelecendo novos padrões para o mercado de alto luxo, desafiando as convenções que tradicionalmente impõem regras e rituais ao cliente, limitando-o a horários e locais onde as marcas estão estabelecidas. O site Faberge.com oferece ao cliente o máximo de conveniência e flexibilidade, com absoluta transparência durante todo o processo de compra. Em cada etapa, o cliente dirige o processo e conduz o relacionamento para adequá-lo ao seu próprio ritmo e estilo”, diz Mark Dunhill. “Os clientes de hoje estão procurando níveis diferentes de serviço e é isso o que oferecemos. O objetivo é criar um relacionamento com nossos consumidores”, diz ainda Dunhill.

No início da web, havia um consenso geral no segmento do luxo de que a internet e as boutiques físicas existiam mutuamente em duas linhas paralelas. Era impensável para muitos gerentes de loja imaginar que um dia iriam compartilhar parte de seus clientes com o ambiente online. Muitos não podiam sequer imaginar a possibilidade de uma marca de luxo ter a sua flasgship online como a Fabergé. A loja em Genebra foi inaugurada três meses após a abertura da loja virtual. Outro caso é o da britânica Couture Lab, site dedicado à venda de produtos de moda e acessórios de grifes como Nina Ricci e Bottega Veneta, que após o seu sucesso na web investiu em uma loja física em Londres.

O CEO da marca enfatiza que suas criações estão em sintonia com a herança do trabalho de Peter Carl Fabergé, o design inovador e exclusivo para cada peça, que confere às jóias o status de obras de arte. “Neste momento, qualidade e valor duradouro são mais importantes do que nunca. Quando a economia cai, o verdadeiro luxo retorna. As pessoas tendem a efetuar suas compras especiais de um modo mais exigente e discreto”, diz Dunhill.

Com esse modelo de negócios inédito no segmento de jóias de alto luxo, a grife criou um espaço para que seu consumidor possa não apenas pesquisar, mas conhecer e desejar seus produtos. Com essa estratégia, a marca consegue estar presente em qualquer lugar do mundo, transformar a compra de uma jóia em uma experiência única e reduzir seus custos operacionais – uma aposta na diferenciação que pode recuperar espaço em um mercado que se expande, apesar da crise, pelos meios eletrônicos.

Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo

Chanel J12 Marine: o relógio masculino esportivo da grife francesa

Por Ricardo Ojeda Marins

Os homens apaixonados por relógios e que estão à procura de algo diferente com certeza não resistirão à tentação de adquirir um novo relógio da grife Chanel. Isso porque a elegante marca francesa lançou um relógio esportivo voltado para o consumidor masculino, um movimento incomum para eles, já que a marca, símbolo do luxo desde a sua existência, é prestigiada e reconhecida por suas criações femininas.

O modelo Chanel J12 Marine Watch foi criado em comemoração ao décimo aniversario da coleção Chanel J12 e tornou-se rapidamente item de desejo no universo masculino. É um autêntico relógio de mergulho, mantendo a perfeição estética dos demais modelos da coleção, porém agora esportivo sem deixar de ser luxuoso.

O recém-celebrado J12 Marine foi inspirado em símbolos marítimos, e destinado ao homem moderno e sofisticado. O J12 está disponível em dois tamanhos e três versões em cores clássicas Chanel: preto, branco e azul. Feito de uma cerâmica de alta tecnologia e um cristal de safira, esse luxuoso mimo é ideal para mergulhadores profissionais, já que apresenta resistência a água até 300 metros.

Conheça mais detalhes e mergulhe nesse luxo esportivo: http://j12-marine.chanel.com/en_us/#/home/landing

Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Swarovski inaugura flagship em Londres

Por Ricardo Ojeda Marins

A prestigiosa grife Swarovski, famosa mundialmente por seus cristais utilizados no segmento da moda, abriu as portas de sua nova flagship na Oxford Street, em Londres, há alguns dias, quando fez uma apresentação fechada para a imprensa e amigos da marca. A nova loja fica a poucos passos de grifes como Calvin Klein, Jo Malone, Gant, além da House of Fraser, loja de departamentos com mais de 60 pontos de venda no Reino Unido e Irlanda.

Um dos mais lindos anéis da grife, disponível por £ 77 (R$ 223)

O evento foi realizado antes da abertura da loja oficial, em 16 de setembro e contou com celebridades como o ator Antonio Campbell Hughes, a apresentadora da MTV Laura Whitmore e Nathalie Colin, diretora criativa da grife.

Hayley Quinn, diretora da Swarovski no Reino Unido, disse que a abertura vai reforçar a posição da marca no país e oferecer produtos de luxo acessível aos consumidores. “Swarovski teve muito sucesso na Oxford Street por muitos anos, mas a abertura de uma loja em uma localização privilegiada na parte central da Oxford Street reconhece tanto a importância da renomada rua como um destino global do varejo, como o compromisso da Swarovski para reforçar-se como um marca líder de jóias da moda”, diz Quinn.

A nova flagship britânica é a mais recente do crescente portfólio da grife Swarovski, que hoje possui 55 lojas, além de estar presente em lojas de departamento e boutiques parceiras ao redor do mundo.

Jóias e Relógios, Luxo no Brasil, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios

Ana Khouri cria edição limitada de jóias e acessórios de luxo

Por Ricardo Ojeda Marins

Muitas jóias e acessórios de luxo criados pela joalheira Ana Khouri já conquistaram personalidades brasileiras como Ana Paula Junqueira, Isabella Fiorentino, Raquel Silveira, e internacionais como Francesca Versace, Lauren Santo Domingo, Lourdes Maria (filha de Madonna) e outras. A designer brasileira, que morou em Nova York e fez cursos de Design de Jóias e Moda na Parsons e FIT e Gemologia na GIA, já trabalhou com o estilista Richard Chai, em criação e em desfiles da New York Fashion Week.

Alto luxo consciente: a joalheira Ana Khouri uniu sua expertise em jóias com a solidariedade. Convidou dez amigas para criarem uma coleção de jóias exclusivas. A idéia surgiu quando Ana perguntou a elas qual jóias elas já haviam sonhado mas nunca encontraram – uma peça desejo. Natalie Klein, Donata Meirelles, Fernanda Abdalla, Luiza Setubal e Cecilia Sicupira foram algumas das privilegiadas que aceitaram o desafio. A coleção de acessórios de luxo apresenta peças limitadas e foi lançada nesta quinta-feira, tendo 10% da renda destinados a projetos sociais. As jóias estarão à venda na NK Store, de Natalie Klein. Tiaras, pulseiras e brincos são alguns produtos da edição especial, tendo dentre eles um brinco em ouro negro e branco com ametista (foto acima) criado por Maria Fernanda Pinheiro e um pente em ouro branco e brilhantes (foto à direita), criado por Catarina Teixeira Pires.

O trabalho de Ana Khouri representa a nova geração do design de jóias brasileiro, combinando a diversidade brasileira a uma dimensão internacional. Suas criações podem ser encontradas em prestigiosas lojas de São Paulo, Rio de Janeiro e do exterior. Vale conhecer também o seu e-commerce, onde pode-se encontrar suas famosas tiaras e outros acessórios de luxo.

Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Negócios do Luxo

Maurice Lacroix: grife suíça mostra que as marcas de luxo estão aderindo às redes sociais

Por Ricardo Ojeda Marins

A página da grife suíça Maurice Lacroix no Facebook está convidando seus usuários a enviarem perguntas e comentários para Martin Bachmann, CEO da marca, até o final de Maio. Bachmann estará online para interagir pessoalmente com os fãs da página, respondendo às perguntas e comentários, através de um vídeo a ser postado em 11 de Junho.

O projeto da relojoaria também está presente no Youtube, onde disponibiliza um canal de comunicação da marca com seu consumidor. Vídeos institucionais, making of de campanhas e uma “visita” privilegiada às oficinas de relógios em Saignelégier, Jura, na Suíça, podem ser usufruídos ali. O canal apresenta também os embaixadores da marca, estratégia muito utilizada por marcas de luxo e premium.

A marca Maurice Lacroix trabalha com a agência eYeka Asia, tendo como objetivo aumentar a participação dos consumidores e trazer transparência à marca. Está sendo considerado um avanço para uma marca de relógios de luxo receber comentários públicos, sem temer a negatividade que a mídia social pode trazer. Alexandre Olmedo, CEO da eYeka Asia disse, “Maurice Lacroix está nos mostrando o grande valor de ouvir o consumidor.”

Um dos maiores equívocos dos gestores da marca é que a web não pode ser utilizada pelo mercado de luxo, o que vem mudando há algum tempo. Antes, boa parte de marcas e produtos de luxo tinham um medo persistente de arruinar a reputação da marca por considerar o meio online específico para o mercado de massa. Hoje, marcas e negócios de luxo brasileiro como Daslu, Shopping Cidade Jardim, Trousseau e internacionais como Gucci, Mandarin Oriental Hotels e outros fazem o uso dessa importante estratégia online, mantendo páginas em redes sociais como Facebook e Twitter, sustentando uma comunicação constante com o seu consumidor, atualizado-o com relação à marca e suas ações promocionais, além de poder ouvi-lo, conhecê-lo e entendê-lo melhor. Boa parte das marcas de luxo também estão em redes “invitation-only”, como ASmallWorld e Elysiants, onde, como o nome já diz, um membership é disponibilizado somente por convite ou desembolsando alguns milhares de dólares. Bem-nascidos do mundo inteiro já fazem parte dessas redes, alvo do desejo de muitos.

O importante, ao utilizar as mídias sociais para o segmento de luxo, é considerar que todos os canais – online e offline – devem refletir a mesma estratégia e coerência de acordo com a imagem da marca, além de uma implementação de algo novo e estimulante. É fundamental estar em canais onde o seu consumidor esteja presente e possa interagir com a marca, além de jamais perder o conceito de exclusividade e personalização, imprescindíveis para qualquer produto ou serviço de luxo.

Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Negócios do Luxo

Embaixadores da marca: uma estratégia das marcas de luxo

Por Ricardo Ojeda Marins

A grife Rolex recentemente revelou sua nova campanha publicitária destacando o cantor Michael Bublé, como o seu mais jovem embaixador da marca, conhecido por sua voz e música inconfundíveis, que atingem tanto os jovens como os mais maduros, além de sua presença ímpar.

Rolex, juntamente com o grupo de hotéis de luxo Mandarin Oriental Hotels, tem mantido um conceito impecável para suas estratégias de endossamento. Rolex também associa sua renomada marca a formadores de opinião de outras categorias, tais como golfe, tênis, iatismo, automobilismo, artes, esqui e outros. Nas unidades do Mandarin, como a de Las Vegas, fãs do cantor podem optar por despertar ao som de sua bela voz.

Para o endossamento de produtos de luxo, a presença do embaixador da marca é fundamental, principalmente nas campanhas de lançamento de um novo produto. A autoridade, credibilidade e admiração que celebridades podem transmitir fazem delas potenciais embaixadores da marca, estratégia utilizada também no mercado de massa. Esse engajamento com o formador de opinião é um importante passo que irá anteceder e facilitar um impacto positivo pela associação do produto a lifestyle, aumentando o desejo de seu público alvo por ele.

Rolex, marca de um dos relógios mais desejados do mundo, não apenas atinge um grande número de pessoas com suas campanhas bem como atinge exatamente o seu fiel consumidor. Desde a sua criação, no início do século XX, a Rolex incentiva a excelência individual e a busca pela perfeição. Mantendo essa tradição sempre viva, a empresa contribui, através de meios de programas de patrocínio para o mundo das artes. Placido Domingo e Diana Krall são exemplos de famosos embaixadores da grife no passado.

Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Varejo de Luxo

Ralph Lauren: objetos raros e únicos

Ralph Lauren Gift Vault

Por Ricardo Ojeda Marins

A grife Polo Ralph Lauren lançou uma linha exclusiva, chamada Ralph Lauren Gift Vault, que reúne peças raras e únicas, do clássico ao moderno. Jóias finas, relógios de luxo, acessórios e objetos de decoração fazem parte desta seleção especial.

Cada peça foi escolhida especialmente pelos seus significados colecionáveis e de inspiração para a coleção Gift Vault e tem uma sensibilidade atemporal.

Através de uma maneira única de se comunicar com o seu público de alto poder aquisitivo, a Ralph Lauren soube inovar, criando um ambiente exclusivo de venda de produtos únicos e que proporcionam a experiência de um consumo exclusivo e especial.

Saiba mais sobre a Ralph Lauren Gift Vault pelo site:

http://www.ralphlaurengiftvault.com/

Jóias e Relógios

O México e sua paixão pela Relojoaria de Luxo

Pelo terceiro ano consecutivo, foi realizado o Salón Internacional Alta Relojería (SIAR 2009), na Cidade do México, de 29 de Setembro a 1 de Outubro. Realizado no Hotel Four Seasons, o evento reuniu marcas de maior prestígio da alta relojoaria no mundo, havendo a realização de conferências, exposições de criações, algumas delas sendo edições limitadas, peças únicas e as últimas novidades do setor. Leia mais

Jóias e Relógios

H.Stern participa de evento beneficente Shopping Pela Cura, no Cidade Jardim

De 15 a 30 de setembro, quem comprar um relógio da Coleção Golden Stones na H.Stern do Shopping Cidade Jardim estará fazendo não só uma, mas duas excelentes escolhas. A loja está participando do Shopping pela Cura, iniciativa do shopping que reverte parte da renda arrecadada com a venda de peças pré-determinadas pelos lojistas à Tucca, organização não-governamental que oferece tratamento para crianças e jovens com câncer.Leia mais

Fechar