Category

Moda e Acessórios

Hotéis de Luxo, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Serviços de Luxo, Viagens e Turismo

St. Regis Bal Harbour oferece closet fashion exclusivo a seus hóspedes

Por Ricardo Ojeda Marins

Luxo, moda, customização, conforto e exclusividade. Que tal chegar em Miami e encontrar em sua suíte do hotel um closet perfeito e organizado com peças que você gosta? Que tal um vestido Marchesa ou Emilio Pucci para um evento especial, plataformas de Christian Louboutin ou ainda a must-have clutch de Alexander McQueen, tudo esperando por você, sem ter que se locomover para comprar? Esta é a proposta do exclusivo serviço oferecido pelo St. Regis Bal Harbour Resort, localizado na cidade de Bal Harbour (Miami Beach) e pelo luxuoso shopping Bal Harbour Shops, o preferido dos brasileiros com alto poder aquisitivo. Tudo isso a apenas 15 minutos da badalada e vibrante South Beach.

Chamado “Neiman Marcus Closet”, a iniciativa é da Neiman Marcus, loja de departamentos localizada no Bal Harbour Shops,  em frente ao hotel. A nova experiência de compras oferece aos hóspedes uma oportunidade personalizada e única de renovar o closet, com itens da última coleção, escolhidos por um fashion slylist, seguindo um levantamento anterior de preferências do hóspede. O “Neiman Marcus Closet” está disponível para os hóspedes gratuitamente e com 3 dias para decidir se desejam comprar as peças escolhidas para o guarda roupa.

“Todas as roupas, sapatos e acessórios são cuidadosamente arrumados no closet da suíte, pelo mordomo do hotel”, explica Marcia Chiota, representante de Bal Harbour Village no Brasil.

Vale lembrar que a experiência vai muito além das compras. Ao hospedar-se no St. Regis Bal Harbour, o consumidor irá vivenciar o requinte de suas acomodações, seu renomado serviço de mordomia (que segue a excelência de outras de suas unidades como St. Regis New York e St. Regis Punta Mita), clube privativo com atividades para crianças, spa, piscina à beira mar e outros.

Miami talvez ainda seja muito associada a experiências que não remetem ao luxo, como compras em outlets, produtos em liquidação e com preço atrativo, principalmente para o consumidor brasileiro que vem ascendendo socialmente. Porém, a cidade que melhor combina descontração e energia durante o verão dos Estados Unidos ainda mantém vivo um mercado de alto luxo: restaurantes com experiência gourmet, diversas opções para admiradores de arte e cultura, lojas de grifes renomadas, hotéis e resorts luxuosos, alem de condomínios de alto luxo. Miami possui também um considerável número de brasileiros que mantém um imóvel adquirido para uso como segunda residência. Compras, praias, moda, restaurantes, arte, cultura, tendências. Sempre há algo novo que atrai o consumidor que vive sempre em busca de novas experiências.

Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Luxo consciente: Ralph Lauren faz doação de USD 2 milhões em apoio após o furacão Sandy

Por Ricardo Ojeda Marins

O designer americano Ralph Lauren apoiou fortemente para aliviar a devastação que varreu a costa leste dos Estados Unidos devido ao ciclone pós-tropical, conhecido como furacão Sandy.

Conhecido por sua grife Polo Ralph Lauren e por sua invejável coleção de carros antigos, o empresário doou a impressionante quantia de USD 2 milhões para os fundos destinados a apoiar o alívio e esforços de reconstrução em regiões como New Jersey, Connecticut, Long Island e Westchester County.

A contribuição foi composta por USD 1 milhão doados pela Ralph Lauren Corporation, de que Lauren é CEO, assim como USD 1 milhão originados da Ralph and Ricky Lauren Family Foundation, entidade criada pelo empresário e por sua esposa Ricky Lauren. A doação foi em prol da American Red Cross Disaster Relief Fund, e de outras organizações locais.

Há alguns anos a sustentabilidade  vem ganhando importância na gestão de muitas grifes do Mercado do Luxo e de outros segmentos.  A própria grife Ralph Lauren contribui há anos com ações humanas, como sua coleção Pink Pony, onde cada peça tem estampado o famoso cavalinho da marca na cor rosa e parte de sua arrecadação é destinada à Pink Pony Foundation, entidade criada pelo estilista e que cuida de mulheres que sofrem de câncer de mama. A grife americana criou também, em 2010, uma coleção especial de camisetas polo, em que 100% de suas vendas foram destinadas ao United Way Worldwide Disaster Fund em seu compromisso contínuo para a reconstrução do Haiti.

Grifes como Michael Kors, Gap e outras  também contribuiram com campanhas e doações em prol das vítimas do furacão Sandy nos Estados Unidos.

Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Gucci abre sua primeira loja em Portugal

Interior da loja da grife em Lisboa, que oferece acessórios como bolsas, carteiras e relógios

Por Ricardo Ojeda Marins

A prestigiosa marca italiana de moda e acessórios chega a Portugal e movimenta o segmento de varejo de luxo no país. Com uma loja localizada na Avenida da Liberdade, em Lisboa, e vizinha de marcas prestigiosas como Prada, Louis Vuitton e Longchamp,  sua nova loja possui 200 metros quadrados de puro design inovador de Frida Giannini, diretora criativa da grife e que não mediu esforços para tornar o ponto de venda um ambiente luxuoso, elegante e acolhedor.

Unindo o clássico com o contemporâneo, a nova loja da Gucci apostou em materiais como ouro polido, espelhos fumê,  madeira rosewood e mármores nobres. Paredes cobertas por vidro e espelhos bronze contribuem para um espaço ainda mais intimista e sofisticado, além dos detalhes de seus puxadores da porta, que possuem aplicações em ouro.

A loja da Gucci disponibiliza a seus clientes produtos como bolsas, carteiras, cintos, sapatos, lenços, relógios, entre outros acessórios.  Durante o momento das compras, clientes da loja de Lisboa podem vivenciar experiências como em demais lojas da marca ao redor do mundo, com atendimento personalizado que inclui Welcome Vip, champanhe francês e, em casos excepcionais, a loja pode ser fechada exclusivamente para uma compra privativa, organizada previamente.

Fachada externa da loja, na Avenida Liberdade

Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo

Versace inaugura em Milão boutique para o público infantil

Por Ricardo Ojeda Marins

Os pequenos consumidores da moda e acessórios ganham uma nova opção na hora de renovar seu guarda-roupa. A grife italiana Versace, comandada há alguns anos por Donatella Versace, inaugurou na capital da moda sua primeira loja exclusivamente dedicada ao público infantil – a Young Versace, cuja coleção foi apresentada no salão de moda Pitti Immagine Bimbo, em Junho deste ano em Florença.

São roupas e acessórios criados exclusivamente para recém-nascidos até crianças com a idade de 12 anos, contando com peças que seguem o estilo fashion da grife, como mamadeiras com cristais Swarovski, mini smokings para os meninos,  vestidos, camisetas e outros.

Localizada na Via Borgospesso, pertinho da loja Versace Home, vale destacar o seu interior que atrai, sem dúvidas, adultos e pequenos consumidores: toda lilás, a loja é decorada com imitações de doces gigantes, cadeiras confortáveis para descansar, e uma atmosfera que provoca o desejo de compra em qualquer criança. A Young Versace está próxima de outras grifes de prestígio, como Salvatore Ferragamo, Acqua di Parma e do luxuoso Hotel Four Seasons.

A grife italiana, que aos poucos vem se recuperando da crise que enfrenta desde 2008, não é a única a investir no público infantil. O estilista Alber Elbaz, da grife Lanvin, apresentou há apenas alguns dias sua primeira coleção infantil, a Lanvin Petite. Para celebrar, a grife Lanvin realizou eventos em Paris, Mônaco e Nova York. Outras grifes de luxo como Burberry, Ralph Lauren e Christian Dior também vem apostando em criações para o público infantil.

Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Brown Thomas cria espaço com grifes para crianças

Por Ricardo Ojeda Marins

Paris, Londres e Milão. Quando falamos sobre o Mercado do Luxo na Europa estas são as principais cidades que nos vem em mente. Afinal, são destinos que respiram a moda, um dos principais segmentos neste seleto mercado. Porém, Dublin, capital da Irlanda, pode ser uma ótima surpresa para os que curtem artigos de alta qualidade e grifes famosas.

A loja multimarcas Brown Thomas é o ícone do varejo de luxo na Irlanda. Presente com um elegante espaço na  Grafton Street, em Dublin, e em mais 3 cidades no país, oferece moda e acessórios para homens  e mulheres que buscam produtos de alto valor agregado. Há coleções de grifes famosas como Ralph Lauren, Christian Louboutin, Hermés, Chanel, Salvatore Ferragamo e outros. O luxuoso espaço conta ainda com um corner exclusivo da grife Louis Vuitton.

Agora os pequenos também contam com um espaço criado exclusivamente a eles: o The Children’s Room, no terceiro piso da loja. Podem-se encontrar ali coleções de marcas como Stella McCartney Kids, Paul Smith Junior, Tartine et Chocolat, Armani Junior, Baby Dior, Ralph Lauren, Catimini e outras.

A Brown Thomas disponibiliza também a seus clientes peças customizadas conforme seu desejo ou necessidade. A loja oferece o melhor em alfaiataria Tailor Made para ternos, jaquetas, calças, casacos, camisas e gravatas com uma seleção dos tecidos da mais alta qualidade.

Fundada em 1849, a Brown Thomas atualmente pertence ao Wittington Investment Group, empresa especializada em varejo de luxo, também detentoras da renomada Selfridges, no Reino Unido e da multimarcas  Holt Renfrew, no Canadá.

Carros de Luxo, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo

A extensão de marcas no segmento de automóveis de luxo

A legendária grife Ferrari, que também atua com moda e acessórios para homens, mulheres e crianças

Por Ricardo Ojeda Marins (Artigo publicado no site Gestão do Luxo da FAAP)

Desafios e cuidados ao expandir uma marca de luxo

Um dos maiores desafios para as marcas é manter seu contínuo crescimento. Aparentemente, uma das formas mais fáceis de mantê-lo seria através da introdução de novos produtos com a mesma marca e relativos à categoria de produtos da marca-mãe. Esta estratégia seria bastante óbvia e vencedora, não fosse tão complexa e desafiadora.

Camisetas Ferrari, jaquetas BMW, relógios Mercedes-Benz. Cresce cada vez mais o número de marcas de luxo – de segmentos como o de automóveis, moda e joalheria – investindo na produção de produtos de segmentos diferentes de sua atuação. Muitas delas, consolidadas e com prestígio, vem utilizando a estratégia de extensão de marca para ampliar a receita.

A estratégia consiste em estender a marca para uma nova categoria de produtos para atender a mesma base de consumidores, utilizando os mesmos canais de distribuição. Porém, no mercado com foco no consumidor AAA, novas categorias de produto só devem ser exploradas se estiverem alinhadas ao conceito da marca. Na prática, no entanto, muitas empresas estão desenvolvendo produtos mais acessíveis que serão vendidos em um número maior de pontos de venda, para atrair uma quantidade maior de consumidores. Porém, até que ponto uma marca de luxo pode ser ampliada para novas categorias sem arranhar o seu posicionamento?

Quando falamos em marcas de luxo, é preciso muita cautela ao optar pela expansão da marca. É imprescindível estar atento para não modificar a proposta de seu valor ao ampliar a acessibilidade e atrair um público bem diferente daquele que adquire, por exemplo, um automóvel Ferrari ou uma jóia Cartier. É necessário que haja um alto nível de relacionamento da marca como o público. Uma expansão realizada sem critério pode confundir o que a marca representa, diluindo seu valor. As extensões bem-sucedidas são as que permanecem, levando em conta o conceito original da marca.

Ícone do mercado de automóveis para o consumidor de alto poder aquisitivo, a Ferrari ampliou sua atuação para além do mercado de mobilidade. Hoje a montadora possui um mix de produtos em vários segmentos como perfumes, calçados, roupas e artigos em couro. Esta estratégia foi utilizada para dar nova dimensão à marca. A grife Ferrari é considerada um estilo de vida e toda sua comunicação e marketing foram focados em manter esse estilo. Peças de vestuário que levam o nome da legendária grife italiana podem ser encontradas em suas lojas próprias em diversas cidades dos Estados Unidos, Europa, Ásia, em lojas multimarcas ao redor do mundo e também no seu e-commerce. Porém, a excessiva variedade de produtos e uma distribuição não tão criteriosa foram, sem dúvida, prejudiciais à marca. A Ferrari passou a ser desejada por consumidores que estão longe de ser o público-alvo que a grife busca atingir. Diversos são os pontos de venda de seus produtos de vestuário e a acessibilidade em excesso torna-se um ponto negativo para o posicionamento da marca. Na cidade de Buenos Aires, por exemplo, a grife pode ser encontrada em um revendedor multimarcas no shopping Galerias Pacífico que está localizado no centro da cidade e não possui qualquer seletividade. Quando falamos em produtos de luxo, uma distribuição seletiva é condição essencial na gestão da marca, já que reforça a ideia de que bens e produtos prestigiosos não se encontram facilmente em qualquer lugar, e sim em locais escolhidos com cautela, em áreas nobres e freqüentadas pelo consumidor de alto poder aquisitivo.

Por outro lado, há casos de extensão de marcas de luxo para outras categorias de produtos que aproveitaram a oportunidade sem prejudicar seu posicionamento. Reconhecida por seu desempenho, segurança, conforto, requinte, durabilidade e por seus automóveis luxuosos e cobiçados ao redor do mundo, a alemã Mercedes-Benz prova que estilo e design fazem parte de seu DNA. A grife estendeu-se, há alguns anos, para muito além do mercado automotivo ao apostar na criação de peças de moda e acessórios que levam o seu nome. Desenvolveu itens destinados a homens, mulheres e crianças. São produtos clássicos e esportivos como camisetas, relógios, bonés, cachecóis e gravatas, que podem ser encontradas em lojas multimarcas ao redor do mundo e em seu e-commerce em países como Reino Unido, Austrália e Estados Unidos. Sua coleção especial de roupas e acessórios exclusiva para jogadores de golf mostra que a marca entrou para o mundo da moda mantendo sua preocupação com a excelência ao criar peças que atendessem a seu público exigente e com alto poder aquisitivo. A prestigiosa marca alemã faz-se presente no mundo fashion associando-se a eventos importantes do segmento: atualmente, a semana de moda de Berlim e Nova York levam o seu nome – Mercedes-Benz Fashion Week. É ainda patrocinadora oficial da Fashion Week de cidades como Paris, Londres, Miami, Cidade do México e Brisbane e também do GQ’s Best-Dressed List 2011, da revista britânica Gentlemen’s Quarterly, lista que reuniu os homens mais estilosos do Reino Unido.

Mercedes-Benz: a marca alemã atuante na moda com peças que vão do clássico ao esportivo

Ao entrar para o segmento de moda e acessórios a Mercedes atingiu, sem dúvida, o seu real consumidor, além de consumidores que não possuem seus automóveis, mas que admiram a marca e adquirem algumas de suas criações a preços considerados acessíveis. O preço de seus produtos pode variar de US$ 20 a US$ 500.

Não menos luxuosa e reconhecida por sua alta tecnologia aliada a design e sofisticação, a também alemã BMW é outro exemplo de grife que viu oportunidades de crescimento de suas unidades de negócio. Renomada por seus automóveis que são verdadeiras “máquinas”, vem atuando há algum tempo nas passarelas da moda.

A prestigiosa marca BMW: moda e acessórios para homens, mulheres e crianças

Sua grife BMW Lifestyle foca no público masculino, feminino e infantil. Camisetas, relógios, miniaturas de veículos, jaquetas em couro e bonés são algumas de suas criações. Seus artigos destacam-se pelo acabamento de alta qualidade e design, o que reflete totalmente o conceito BMW. Seus produtos não são apenas elegantes e de alto padrão, mas também extremamente confortáveis. Suas coleções podem ser adquiridas através de seu e-commerce nos Estados Unidos, Europa e em algumas de suas concessionárias. A grife alemã investe em produtos mais acessíveis como chaveiros e camisetas, bem como em produtos direcionados a um público seletivo, como jaquetas próprias para uso em esportes como ski ou ainda em acessórios para praticantes de golf. Sua política de preços faz com que a grife atinja não apenas o seu fiel cliente, assim como entusiastas da marca. Há peças acessíveis, como chaveiros vendidos a US$ 20, mochilas por US$ 80, mala para acessórios de golf por US$ 250 e outros.

Seguindo a tendência de outras montadoras de luxo, a britânica Lotus desenvolveu a grife de roupas Lotus Originals, inspirada no lifestyle da montadora. Suéteres de cashmere, jaquetas de couro e luvas de pelica, com inspiração na década de 1970 são alguns dos destaques de suas criações.  A coleção da Lotus teve seu lançamento no auge da temporada masculina da London Fashion Week. A estratégia utilizada pela montadora dará uma nova dimensão à marca, maximizando o seu alcance, proporcionando um ganho de mercado e oferecendo uma nova experiência ao seu consumidor. Atualmente suas peças podem ser adquiridas através de sua loja virtual. A grife tem planos de abertura de uma flagship para ainda este ano, que provavelmente será na região central de Londres.

Campanha da britânica Lotus, agora atuante no segmento de moda

A extensão de marca no segmento do luxo deve ser avaliada e estudada com rigor e só é válida se os novos produtos destinarem-se ao mesmo perfil de consumidor, seguindo o conceito de excelência, exclusividade e mantendo as mesmas políticas de preço, distribuição e comunicação seletivas da marca-mãe. Mesmo ciente de que seus novos produtos poderão atingir o consumidor aspiracional ao mercado de luxo, se a empresa já atua neste segmento e objetiva vender mais para um público maior, deve manter sua essência e principalmente proteger seu prestígio. Essa estratégia diminui os riscos e os custos, aumentando a cobertura de mercado e fortalecendo os valores e interesses pela marca.

Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Grife CH Carolina Herrera chega a Paris

Por Ricardo Ojeda Marins

A renomada grife CH Carolina Herrera chega a Paris. Após a inauguração de suas lojas em Londres e Nova York no ano passado, agora é a capital francesa que recebe as criações de moda da marca reconhecida por suas fragrâncias.

Sua localização não poderia ser melhor: Rue de Castiglione, no coração da cidade. A nova loja fica a alguns passos da Rue de Rivoli, Place Vendôme, grifes como Anne Fontaine, Hugo Boss e de hotéis de luxo como  Le Meurice e Hôtel de Crillon. A loja foi projetada para o cliente sentir-se em casa, com uma lareira em mármore, janelas em arco e piso em parquet, seguindo o estilo de sua loja-conceito da Madison Avenue, em Nova York.

Ali você poderá encontrar peças da coleção dedicada a homens, mulheres e crianças, além da linha de acessórios, peças sob medida e de edição limitada, como bolsas pintadas à mão. De acordo com a designer, a grife esperou anos para ter o local certo em Paris. “A  Rue de Castiglione foi a escolha perfeita, pois capta toda a magia da cidade, fazendo-me recordar das muitas vezes que lá estive”, diz Carolina.

A grife planeja para 2012 a abertura de novas lojas na América do Sul e América do Norte. Na América do Sul, CH Carolina Herrera já está presente no Brasil (Shopping Cidade Jardim), Argentina (Shopping Patio Bullrich), Venezuela e Colômbia.

CH Carolina Herrera

10 Rue de Castiglione

Telefone: +33 0 1 58 624 103

Luxo no Brasil, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Loewe é relançada no Brasil

Campanha Primavera-Verão 2010

Por Ricardo Ojeda Marins (Artigo publicado no site Gestão do Luxo da FAAP)

A grife espanhola de luxo volta ao mercado brasileiro com seus perfumes

O mercado de luxo no Brasil vive o seu melhor momento, e vem comemorando com a chegada de marcas internacionais renomadas. Decidida a conquistar o consumidor brasileiro, a grife espanhola Loewe anuncia sua entrada no país, inicialmente com sua linha de fragrâncias já encontradas em mais de trinta países.

Símbolo do luxo e modernidade, a grife foi fundada em 1846, em Madrid, pelo alemão Enrique Loewe Roessberg, fruto de sua paixão pela cultura espanhola e em parceria com artesãos especializados em couro. A prestigiosa marca está entre os principais nomes mundiais do segmento de moda e artigos de couro. Seu conceito combina tradição e trabalho manual com um espírito de constante renovação, envolvendo tendências e ao mesmo tempo mantendo-se exclusiva e prestigiada.

O luxo impecável de sua mais recente flagship em Valencia (Espanha)

Ícone do luxo da aristocracia espanhola durante séculos, a grife mantém até hoje o grau de desejo de seus consumidores e a perfeição em suas criações. Sua boutique na famosa Gran Via, em Madrid, foi inaugurada no final dos anos 30 e hoje é uma das flagships da grife. Presente com lojas próprias na Espanha e França, seus produtos também podem ser encontrados em lojas luxuosas ao redor do mundo, como a britânica Harrods, El Corte Inglés, Bergdorf Goodman, Galeries Lafayette, além de outros seletos locais da Europa, América, Ásia, Oceania e Oriente Médio.

Fachada externa da flagship em Valencia, projetada por Peter Marino

A fragrância feminina Aire Loco

Foi a partir dos anos 70 que a Loewe entrou no segmento de perfumaria, criando essências sedutoras e estimulantes. Os perfumes da Loewe já podiam ser encontrados no varejo brasileiro, graças à distribuição da Neutrolab. Agora que é distribuída pela divisão de Perfumes e Cosméticos do grupo LVMH, que controla a marca desde 1996, a Loewe passa por um reposicionamento. A fragrância feminina Aire Loco será o destaque do desembarque oficial da marca no país. De acordo com a empresa, essa criação representa um conceito inovador que combina grandeza, desejo e luxo.

A Loewe seguirá uma estratégia de distribuição seletiva como no mercado europeu e demais países, buscando ganhar destaque e ares de exclusividade por aqui, já que estará presente apenas nas melhores perfumarias do país.

De acordo com Monica Ceballos, Gerente de Marketing da grife no Brasil, “o conceito Loewe combina um equilíbrio entre a tradição e a modernidade, trabalhando sempre com tendências, sem perder a essência da marca. É muito importante manter os elementos que uma marca de luxo precisa para ser exclusiva no mercado. Queremos conquistar os brasileiros, assim como o mercado europeu foi seduzido”.

Em recente visita ao Brasil, Cedric Mahe, Gerente de Marketing da Loewe para as Américas, concedeu entrevista exclusiva para o site Gestão do Luxo e contou-nos sobre a estratégia de negócios da marca no Brasil:

Gestão do Luxo: Qual o público-alvo da Loewe no Brasil? Quais as estratégias da marca para conquistar o consumidor brasileiro?

Cedric Mahe: A Loewe tem como público-alvo homens e mulheres de alto poder aquisitivo, interessados por moda e que valorizem a sofisticação, elegância e a excelência. A marca esteve presente em cerca de 200 pontos-de-venda no país. Agora, sendo distribuída pelo grupo LVMH, nosso objetivo é reposicioná-la, diminuindo a concentração de pontos-de-venda para cerca de 20 unidades, todas localizadas em lugares-chave do segmento do Luxo. Pretendemos, assim, ter a nossa marca consolidada e expandida, sempre buscando a imagem impecável, apostando nos locais de venda e no treinamento de nossos funcionários, buscando o reconhecimento como uma marca de luxo, que desperte o desejo.

Gestão do Luxo: Como será a comunicação da Loewe no Brasil?

Cedric Mahe: Em uma primeira etapa, teremos uma forte campanha de lançamento para antes do final deste ano, permitindo a nosso consumidor conhecer nossas fragrâncias e a marca em si. Em uma segunda etapa, teremos campanha em TV por assinatura e faremos publicações em revistas especializadas em beleza, moda e dirigidas ao público feminino.

Gestão do Luxo: Onde poderão ser encontrados os produtos da marca?

Cedric Mahe: Os produtos Loewe estarão disponíveis em perfumarias especializadas e localizadas em locais de varejo de luxo, como a Perfumaria Fauré do Shopping Iguatemi São Paulo, a Fragrance do Shopping Cidade Jardim, as perfumarias Suil e Vent Vert do Morumbi Shopping, Calèche e outros pontos em locais estratégicos.

Gestão do Luxo: A Loewe tem planos de trazer lojas com o seu portfólio completo de produtos, já que a marca é forte em artigos de couro e moda feminina e masculina?

Cedric Mahe: Estamos sempre estudando oportunidades em mercados potenciais. O Brasil é hoje um dos países com maior potencial para negócios do luxo. Não temos informações precisas ainda, porém o mercado brasileiro de moda é um de nossos alvos.

Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo

Chanel J12 Marine: o relógio masculino esportivo da grife francesa

Por Ricardo Ojeda Marins

Os homens apaixonados por relógios e que estão à procura de algo diferente com certeza não resistirão à tentação de adquirir um novo relógio da grife Chanel. Isso porque a elegante marca francesa lançou um relógio esportivo voltado para o consumidor masculino, um movimento incomum para eles, já que a marca, símbolo do luxo desde a sua existência, é prestigiada e reconhecida por suas criações femininas.

O modelo Chanel J12 Marine Watch foi criado em comemoração ao décimo aniversario da coleção Chanel J12 e tornou-se rapidamente item de desejo no universo masculino. É um autêntico relógio de mergulho, mantendo a perfeição estética dos demais modelos da coleção, porém agora esportivo sem deixar de ser luxuoso.

O recém-celebrado J12 Marine foi inspirado em símbolos marítimos, e destinado ao homem moderno e sofisticado. O J12 está disponível em dois tamanhos e três versões em cores clássicas Chanel: preto, branco e azul. Feito de uma cerâmica de alta tecnologia e um cristal de safira, esse luxuoso mimo é ideal para mergulhadores profissionais, já que apresenta resistência a água até 300 metros.

Conheça mais detalhes e mergulhe nesse luxo esportivo: http://j12-marine.chanel.com/en_us/#/home/landing

Jóias e Relógios, Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Swarovski inaugura flagship em Londres

Por Ricardo Ojeda Marins

A prestigiosa grife Swarovski, famosa mundialmente por seus cristais utilizados no segmento da moda, abriu as portas de sua nova flagship na Oxford Street, em Londres, há alguns dias, quando fez uma apresentação fechada para a imprensa e amigos da marca. A nova loja fica a poucos passos de grifes como Calvin Klein, Jo Malone, Gant, além da House of Fraser, loja de departamentos com mais de 60 pontos de venda no Reino Unido e Irlanda.

Um dos mais lindos anéis da grife, disponível por £ 77 (R$ 223)

O evento foi realizado antes da abertura da loja oficial, em 16 de setembro e contou com celebridades como o ator Antonio Campbell Hughes, a apresentadora da MTV Laura Whitmore e Nathalie Colin, diretora criativa da grife.

Hayley Quinn, diretora da Swarovski no Reino Unido, disse que a abertura vai reforçar a posição da marca no país e oferecer produtos de luxo acessível aos consumidores. “Swarovski teve muito sucesso na Oxford Street por muitos anos, mas a abertura de uma loja em uma localização privilegiada na parte central da Oxford Street reconhece tanto a importância da renomada rua como um destino global do varejo, como o compromisso da Swarovski para reforçar-se como um marca líder de jóias da moda”, diz Quinn.

A nova flagship britânica é a mais recente do crescente portfólio da grife Swarovski, que hoje possui 55 lojas, além de estar presente em lojas de departamento e boutiques parceiras ao redor do mundo.

Mercado de Luxo, Moda e Acessórios, Negócios do Luxo, Varejo de Luxo

Ralph Lauren Rugby inaugura loja em Tóquio

Por Ricardo Ojeda Marins

Ralph Lauren está expandindo sua grife Rugby internacionalmente. Na última quarta-feira, a empresa abriu sua primeira boutique Rugby fora dos Estados Unidos: uma enorme e luxuosa loja em Tóquio. A boutique, com pisos de mosaico e interiores de madeira, atraiu admiradores da marca, que esperaram ansiosamente pela abertura do novo espaço. Localizada na elegante Avenida Omotesanto, a nova loja fica próxima de renomadas grifes, como Chanel e Bulgari.

Para celebrar a inauguração, a grife americana comandou uma festa para poucos e bons na noite anterior, em Nova York, onde é a sede do grupo Polo Ralph Lauren. Especialmente para a nova loja, a marca criou um número limitado de itens exclusivos, como bolsas femininas modelo tote e acessórios.

Rugby, uma marca com preços mais acessíveis do que outros produtos da grife Ralph Lauren, entra agora no mercado premium do Japão no momento em que os consumidores estão propensos a consumir a chamada moda fast fashion. A H&M, rede européia de lojas presente em diversos países do mundo, vive também uma fase de expansão no Japão.

Seguindo as tendências do marketing digital, a Rugby Ralph Lauren também pode ser visitada no Facebook e no Twitter.

Conheça a coleção de Outono 2010 Ralph Lauren Rugby assistindo ao vídeo abaixo:

Fechar